press

PINTURA COM ALMA

Quando se tem o privilégio de chegar aos 99 anos, os projetos em que se opta participar são uma escolha do coração. Mimi Fernandes, a matriarca da família que gere a Companhia Agrícola do Sanguinhal, ama a pintura. Mais do que um hobby, é uma paixão.

Depois da recente exposição Flores no Jardim, patente há uns meses, Mimi Fernandes participa agora numa exposição coletiva de pintura, juntamente com Fernando Pascoal, no Teatro Eduardo Brazão, no Bombarral.

Com inauguração no dia 23 de Setembro, às 15h30 (convite em anexo), a mostra com obras emblemáticas dos dois pintores portugueses poderá ser visitada nos dias 24 e 30 de setembro e nos dias 1, 7 e 8 de outubro. O horário é das 11h às 12h30 e das 14h30 às 18 horas.

Para tornar a visita ainda mais emocionante é importante referir que, no decorrer da exposição, haverá um quadro de Fernando Pascoal que funcionará como um desafio para todos os que visitarem esta coletiva. Um exercício que terá um prémio à altura de quem adivinhar o enigma: a oferta do quadro. Mais um motivo de peso para apreciar e apostar na arte feita pelos artistas nacionais.

A Companhia Agrícola do Sanguinhal foi fundada por Abel Pereira da Fonseca nos anos 20 do século passado. Tem uma história ímpar na tradição vinhateira – tanto na produção como na comercialização de vinhos – ancorada em 3 quintas: Quinta do Sanguinhal, Quinta das Cerejeiras e Quinta de São Francisco.